O Blog para quem gosta de curiosidades históricas

Poderá gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

17 de setembro de 2014

Um estranho hábito das famílias do século 19

Curiosidades históricas

Um estranho hábito das famílias do século 19

Registrar a morte através de imagens não era nenhuma surpresa, pois isso era feito ao longo dos séculos através da pintura e a fotografia apenas popularizou (e barateou) esta prática.
Inicialmente eram feitas fotos dos defuntos em seus caixões, mas a ideia que posteriormente mais prosperou e chamou a atenção foi a tentativa de dar à cena fúnebre um aspecto de naturalidade, até sugerindo que os mortos estavam dormindo tranquilamente ou ou ainda as cenas eram constituídas como se os cadáveres estivessem vivos (neste caso, recorriam a maquiagens e aparatos para manter os corpos firmes e até de pé). Os vivos também podiam compor as cenas, posando juntamente com os mortos em posições orientadas pelos profissionais especializados em tais registros – em determinados casos a composição ficava tão bem elaborada que chega a ser complicado diferenciar os mortos dos vivos nas fotografias.
Também chamava a atenção a grande quantidade de fotografias de crianças mortas, pois nestas situações as imagens tomavam dimensão ainda mais melancólica. A quantidade de imagens de crianças mortas se explica a partir dos altos índices de mortalidade infantil, o que criava uma demanda para esse tipo de registro e gerava lucros para os fotógrafos e suas companhias especializadas.
O auge dos registros fotográficos elaborados de mortos ocorreu durante a Era Vitoriana, mas também não era incomum já nas duas primeiras décadas do século 20. Em alguns lugares da Europa Oriental a prática permanece.


Um estranho hábito das famílias do século 19Um estranho hábito das famílias do século 19Um estranho hábito das famílias do século 19Um estranho hábito das famílias do século 19Um estranho hábito das famílias do século 19Um estranho hábito das famílias do século 19Um estranho hábito das famílias do século 19

Um estranho hábito das famílias do século 19Um estranho hábito das famílias do século 19Um estranho hábito das famílias do século 19Um estranho hábito das famílias do século 19Um estranho hábito das famílias do século 19Um estranho hábito das famílias do século 19Um estranho hábito das famílias do século 19Um estranho hábito das famílias do século 19Um estranho hábito das famílias do século 19Um estranho hábito das famílias do século 19Um estranho hábito das famílias do século 19Um estranho hábito das famílias do século 19Um estranho hábito das famílias do século 19Um estranho hábito das famílias do século 19Um estranho hábito das famílias do século 19Um estranho hábito das famílias do século 19Um estranho hábito das famílias do século 19Um estranho hábito das famílias do século 19Um estranho hábito das famílias do século 19





20 comentários:

  1. Fiquei impressionado com este relato da história e costumes. Tudo indica século XIX (?) e é realmente incrível esta forma de tirar, a princípio, a tristeza do fato em si nem que por alguns minutos, penso. Parabéns pelo trabalho no seu blog, por compartilhar conosco histórias relevantes. Gostei muito. Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Ao passar pela net encontrei seu blog, estive a ver e ler alguma postagens é um bom blog, daqueles que gostamos de visitar, e ficar mais um pouco. Tenho um blog, Peregrino E servo, se desejar fazer uma visita. Ficarei radiante se desejar fazer parte dos meus amigos virtuais, saiba que sempre retribuo seguido também o seu blog. Minhas saudações. António Batalha.

    ResponderExcluir
  3. Olá! Para aqueles que podem achar que isso pode ser alguma noticia fake, digo que não só sei desse hábito, como já vi fotos desse gênero, meus avós possuíam muitas dessas fotos, algumas serviam até como lembrança do funeral que eram dadas as famílias que iam a estes funerais! Muito loko isso!!! Até estou pensando em dar uma bisbilhotada nas gavetas na casa da minha vó pra ver se não encontro estas fotos e quem sabe compartilho com vcs!!! Valeu!!! Interessante postagem, parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grato por participar do Blog. Interessante mesmo se você puder compartilhar.

      Excluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. As fotos não espantam. Mas o povo feio. rs

    ResponderExcluir
  6. a décima sexta foto de cima para baixo ficou te todas a mais sinistra, devido a pessoa estar segurando o bebê por trás para que o mesmo não pendesse a cabeça.....dá a impressão que é a dona morte vindo busca-lo .

    ResponderExcluir
  7. Ave!
    Oi Mauro,
    A minha avó me contava que no interior do nordeste também.
    Isso a menos de 50/60 anos atrás.
    Custumes e cultura...
    Imagens fortes.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  8. Olá Mauro!

    Vim retribuir a visita...

    Que coisa mais sinistra arrumar o defunto para parecer vivo. Hoje a coisa anda tão banal, que não me admiro de mais nada. Aqui na cidade onde moro tem um pessoal que adora tirar fotos das tragédias e postar no facebook.
    Imagina o choque de alguém ver um parente numa foto dessas?

    Tenha uma ótima semana!

    ResponderExcluir
  9. Realmente, em algumas fotos dá-se a impressão de que as crianças estão vivas.
    Abraço,
    Fernanda.
    www.escolhainteligente.com

    ResponderExcluir
  10. Inacreditável este tipo de costume. Adorei o seu blog. Vou compartilhar....

    ResponderExcluir
  11. horrivel super macabro já tinha visto no filme the others impressionante

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigado por ler meu Blog. Seja muito bem-vindo!