O Blog para quem gosta de curiosidades históricas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

22 de set de 2014

Você sabe o que foi a Inquisição?

Curiosidades históricas

condenação na inquisição

A Inquisição foi uma espécie de tribunal religioso criado na Idade Média (século XII) e dirigido pela Igreja Católica Apostólica Romana. Foi fundada pelo papa Gregório IX em 1231 com o objetivo de reprimir e castigar tudo o que fosse considerado heresia pela Igreja. 

Conta-se que a Inquisição foi criada inicialmente com o objetivo de combater os cátaros (ou algingenses), uma seita cristã com forte influência no Sul da França e Norte da Itália.



As punições da Inquisição iam da privação de “benefícios espirituais” e prisões, do confisco de bens e morte na fogueira. 



A tortura passou a ser permitida nos tribunais em 1254 pelo papa Inocêncio IV, cerca de 20 depois de criada a Inquisição.

Ao contrário do que é normalmente propagado, o uso da tortura nunca foi usado em grande escala pela Inquisição. Mas é sabido que centenas de pessoas foram cruelmente torturadas com o objetivo de arrancar confissões/revelar heresias. 

Entre os mais terríveis instrumentos de tortura usados pela Inquisição estão: o corta-joelhos, o triturador de cabeças, o arranca-seios e a donzela de ferro (que inspirou uma conhecida banda de heavy metal). 

Apesar de seu caráter religioso, a Inquisição foi amplamente usada como instrumento político. Ela serviu para conter o avanço dos protestantes na Itália e para perseguir inimigo dos reis Fernando e Isabel na Espanha. 

A Inquisição Espanhola foi criada em 1478 pelos reis Fernando e Isabel. No princípio, perseguiu os judeus e muçulmanos convertidos que eram acusados de praticarem suas antigas crenças. 

Tomás de Torquemada (um frade dominicano), o principal inquisidor espanhol, tinha tanto poder que rivalizava com os reis da Espanha. Calcula-se que ele tenha condenado à morte de 2.000 a 10.000 pessoas. 

Conta-se que Tomás de Torquemada rezava baixinho enquanto os suspeitos tinha sua pele queimada, unha arrancada e parafusos aplicados no polegar. As suspeitas de bruxaria eram despidas para que os inquisidores pudessem procurar em seus corpos tatuagens ou marcas que representassem o pentagrama invertido.

A sanha assassina e má fama de Torquemada era tamanha que o próprio Vaticano se incubiu de destituí-lo do poder. 

Na Idade Média, os gatos pretos eram vistos como bruxas transformadas em animais. Eles chegaram a ser perseguidos pela Inquisição.

Por essa ninguém esperava: até os canhotos foram perseguidos pelos tribunais da Inquisição. Eles eram considerados praticantes de bruxarias, mensageiros da morte e enviados do Diabo.

Nem os defuntos escapavam da Inquisição. Quando descobria-se que um morto havia sido herético, seu cadáver era desenterrado e queimado.

Os historiadores acreditam que 50.000 pessoas (a maioria mulheres) tenham sido condenadas à fogueira por suspeita de bruxaria, pacto com o diabo e até por “lançar mau-olhado” em regiões de países como Alemanha, Suíça, Polônia, Dinamarca e Inglaterra.

A Inquisição não só agiu no Brasil, como agiu em diversos países da América, entre eles o México e Peru. Também foram criados tribunais na África (Cabo Verde) e na Ásia (Goa).

Calcula-se que 400 brasileiros tenham sido condenados pela Inquisição. Como os casos mais graves eram enviados para Portugal, os condenados à fogueira eram executados lá.

O Santo Ofício mudou duas vezes de nome. Hoje é conhecido como Congregação para Doutrina da Fé. Detalhe: Joseph Ratzinger, o atual papa Bento XVI, dirigiu a Congregação durante 24 anos. 

Algumas das vítimas mais conhecidas da Inquisição: Galileu Galilei, Joana D’Arc, Giordano Bruno.

Uma última curiosidade: a Inquisição durou quase sete séculos.

12 comentários:

  1. Depois de curtir este excelente post do site A Historia aproveite também para conhecer o site Informações Variadas onde você encontrara um pouco de tudo confira
    Link do site http://informacoesvariadas.org/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse site é excelente; através dele
      estou tentando colocar meus conhecidos em dia e já indiquei pra minha filhota de 11 anos! Parabéns, Mauro Luiz!

      Excluir
  2. A gente deveria fazer uma santa inquisição para todos os padres pedófilos!!!

    Abçs

    ResponderExcluir
  3. Gostei das curiosidades. Parabéns pela criatividade e compartilhamento.
    Abraço

    ResponderExcluir
  4. Oi Mauro. Como vai?
    O Mauro é uma pessoa muito culta, sábia e deve ser muito inteligente. Os meus sinceros parabéns.
    Escreve maravilhosamente bem, é muito explícito, o template é muito agradável (não cansa os olhos) e os seus artigos são excelentes.
    Gosto muito de história e os seus artigos convidam à leitura.
    Muito bom este artigo. No meu tempo de escola estudei esta matéria - não muito aprofundada - mas lembro-me que, já em criança (escola), ficava revoltada e sensibilizada com tantas atrocidades que se cometiam pela Igreja Católica. E depois pensava - e penso ainda - Como é possível que a Igreja (sendo suposto praticar os ensinamentos de Jesus que se baseavam no amor ao próximo, praticar o bem e a humildade), se transformou, radicalmente, para praticar o mal? Quando pensamos em frades, padres, bispos e todos os eclesiásticos eu penso (ainda hoje) que eles não podem pecar porque fizeram os votos de servir a Deus. No entanto, cada vez mais, vêm a público notícias pouco abonatórias em relação aos que deviam praticar o bem. Falo em pedofilia. Mas, quanto a mim, podem cometer outras atrocidades, e essas nunca virão a público. Porquê? Porque tudo se passa entre quatro paredes e os "acidentes" podem acontecer.
    Há dias li sobre o Holocausto. E agora ponho a questão: haverá alguma diferença entre Hitler e a Inquisição que torturava os seres humanos até à morte e queimava-os vivos causando-lhes sofrimentos horrorosos? Na minha opinião a Igreja Católica, representada ao mais alto nível, cometeu crimes sem perdão. E continua mas a outro nível. No entanto - segundo nos ensinaram - são os representantes de Deus.
    Muito apaixonante a matéria que escolheu para o seu blog. Assim, quando tiver um tempinho, sempre vou aprendendo.
    Só posso agradecer por ter criado este blog que põe à disposição de todos, ensinamentos que contribuem para o enriquecimento, em sabedoria, do ser humano.
    Desejo-lhe continuação de uma boa semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grato pelos elogios e por participar do Blog.

      Excluir

Olá! Muito obrigado por ler meu Blog. Seja muito bem-vindo!

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial