O Blog para quem gosta de curiosidades históricas

Poderá gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

13 de outubro de 2014

A quem pertence Jerusalém?

Curiosidades históricas

A quem pertence Jerusalém?

Jerusalém é uma das cidades mais antigas do mundo. Registros apontam sua origem em torno do milênio IV a.C. É considerada uma cidade santa para os judeus, cristãos e muçulmanos e hospeda os principais pontos religiosos, entre eles a esplanada das mesquitas, o muro das lamentações, o santo sepulcro, a cúpula da rocha e a mesquita de Al-Aqsa.

No curso da história, Jerusalém foi destruída duas vezes, sitiada 23 vezes, atacada 52 vezes, e capturada e recapturada 44 vezes. 

Qual a razão de tanta disputa? Seriam razões religiosas? Vejamos alguns pontos:

1. Jerusalém é sagrada para os judeus desde que o Rei David a proclamou como sua capital no 10º século a.C.
2. O cristianismo reverencia Jerusalém não apenas pela história do Antigo Testamento mas também por sua significância na vida de Jesus.
3. Para os muçulmanos Jerusalém é considerada a terceira cidade sagrada do Islamismo dada a Noite de Ascensão de Mohamed (c. 620 d.C.).

Mas e antes da proclamação de David? Não existiam habitantes em Jerusalém? A resposta é: sim, haviam habitantes em Jerusalém que não eram nem judeus, nem cristãos e nem muçulmanos.

Por isso, partindo do princípio de que uma terra somente pode ser evocada como sua a partir do momento de sua descoberta, não se pode dizer ou determinar que Jerusalém e toda a Palestina sejam dos judeus.

Partindo desse entendimento ‘razões religiosas’ estão descartadas. Se assim fosse, cristãos também estariam na disputa pela reivindicação da intitulada ‘Terra Santa’. Além disso, os palestinos não estão lutando por suas terras considerando a religiosidade. Os israelitas, por outro lado, almejam divisas maiores, que vão além da religiosidade.

João Marco Domingues* utilizando datas aproximadas, ordenou a cronologia de Jerusalém, conforme é demonstrado adiante:

2000 a.C. – Período Patriarcal (Abraão, Isaac, Jacob).
1050-930 a.C. – Reino unificado

1004 a.C. – David funda Jerusalém, fazendo dela a Capital do Reino
930-586 a.C. – Reino de Judá960 a.C. – O Rei Salomão inicia a construção do 1º Templo
952 a.C. – Consagração do 1º Templo
586 a.C. – Nabucodonosor invade Jerusalém e destrói o 1º Templo
539-332 a.C. – Domínio Persa
520 a 515 a.C. – Reconstrução do 2º Templo
332-167 a.C. – Domínio Grego
168 a.C. – O domínio opressor grego atinge o seu cume
63 a.C. - Domínio Romano
63 a.C. – Pompeu destrói Jerusalém
37 a.C. – Jerusalém é destruída parcialmente por Herodes
20 a.C. a 63 d.C. – Herodes reconstrói o 2º Templo
29-32 – Vida pública de Jesus Cristo
70 – O Templo é definitivamente destruído pelo Imperador Tito
324 – Domínio Bizantino
335 – Término da construção do Santo Sepulcro
614 – Persas conquistam Jerusalém. A Santa Cruz é saqueada
628 – Os bizantinos reconquistam a cidade, a Santa Cruz é recuperada e entronizada em Jerusalém
639 – Domínio Muçulmano
639 – Jerusalém é dominada pelos árabes liderados por Omar
692 – Término da construção da Mesquita de Omar (Cúpula do Rochedo)
1010 – O califa Al-Hakim destrói o Santo Sepulcro
1099 – Domínio Cristão
1099 – Os cruzados, convocados pelo Papa Urbano II em 1095, chegam a Jerusalém e reconquistam a cidade
1244 – Domínio Mongol
1244 – Jerusalém é conquistada e saqueada pelos mongóis
1516 – Domínio Otomano
1516 – Jerusalém é conquistada pelos otomanos
1840 – Reocupação turca
1917 – Domínio Britânico
1920 – É atribuído o mandato da Palestina ao Reino Unido
1947 – Resolução das Nações Unidas a fim de criar um Estado Judeu e Árabe na Palestina
1948 – Reino Unido retira-se da Palestina. O país é invadido por Estados vizinhos. É declarado o Estado de Israel a 14 de Maio
1948 – Domínio Israelita
1949 – Jerusalém é dividida entre dois países; Jerusalém é proclamada capital de Israel; Jerusalém Oriental fica sob domínio da Jordânia
1967 – Israel ocupa a Velha Jerusalém durante a Guerra dos Seis Dias
1987 – Início da Intifada, revolta palestiniana nos territórios ocupados por Israel, primeiro em Gaza e depois na Cisjordânia
2000 – O dirigente do Likud, Ariel Sharon, visita a Esplanada das Mesquitas em Jerusalém, acompanhado de um apertado corpo de guarda-costas. Surgem violentas manifestações que dão origem à 2ª Intifada.

De acordo com a cronologia, Jerusalém sofreu os mais variados domínios: persa, grego, romano, bizantino, muçulmano, cristão, mongol, otomano, britânico e agora israelita.

Por isso pergunto: A quem pertence Jerusalém?
Respondo: A todos os povos. Não apenas aos judeus, cristãos ou muçulmanos. Todos têm direito. É completamente infundada a decisão da ONU de estabelecer um Estado judeu (Israel) sobre uma cidade de importância religiosa para pessoas do mundo todo.

A quem pertence a Palestina?
Legalmente, historicamente e humanitariamente aos palestinos, que vivem na região há muito anos, sofrendo todos os tipos de ataques e domínios.


* Mestre em Relações Internacionais pelo Departamento de Ciência Política da Universidade de Paris I - Sorbonne. Doutorando em Ciência Política da Universidade de Paris I - Sorbonne. Investigador no Instituto Português de Relações Internacionais e Segurança - IPRIS.

22 comentários:

  1. Oi Mauro, vim retribuir a visita e adorei, assuntos interessantes e de fácil entendimento, qual é o a parceria que você gostaria de fazer? Parabéns pelo trabalho!
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Acho que esse assunto ainda será muito discutido por muitos longos anos. Cada pessoa entende de um jeito, e com algumas delas nem adianta conversar. é um assunto muito polêmico. Mas amo assuntos polêmicos rsrs

    ResponderExcluir
  3. Estou de pleno acordo.
    Aquela região sempre foi a Palestina.
    E Estado de Israel é uma invenção da Alemnha/Inglaterra/ USA para supostamente pagar o saque que os nazistas fizeram ao povo judeu. E mais: também por questões econômicas, petrolífera terra.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pelo seu blog e sua dedicação e muito obrigado por nos apresentar trabalho tão dedicado. Estou divulgando em meu blog também e no face book, g+ e Twitter se não se importa. acho importante todos saberem da historia. Obrigado e parabéns.
    Truquedevida,blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Adoro História! Vou sempre vi aqui para apreciar. Obrigada por sua visita. Acho que seu blog vai ajudar muito em meu trabalho com a leitura.
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  6. Olá, muito interessante os assuntos que você coloca no blog. Sempre gostei muito de história e é sempre bom ficar por dentro de assuntos não muito divulgados na mídia, não é mesmo?
    Beesos
    Blog Coisas da Carol

    ResponderExcluir
  7. Olá vim retribuir a visita, e adorei seu blog, bem interessante com muita coisa legal, sempre é bom ler algo de informativo.Abraço
    Déia

    ResponderExcluir
  8. Olá Mauro, passei para retribuir a visita e gostei muito. Eu nunca fui uma boa aluna de História, nunca gostei muito, mas seu blog é realmente muito legal, conta a História de uma maneira interessante, com curiosidades que nunca tinha visto antes, quem sabe agora eu não comece a gostar? rs
    Abraços e sucesso!
    www.universomacherie.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Mauro!!

    Vim retribuir a sua visita e adorei conhecer o seu blog.
    Obrigada pelo carinho.
    Vou te seguir para acompanhar as novidades, ok??

    ResponderExcluir
  10. wow que aula....só sinto pela frase qual me findarei após....

    tantas guerras e batalhas num TERRA SANTA... em meu íntimo chego à duvidar...
    a TERRA PODE ATÉ SER A TERRA SANTA.
    MAS OS HOMENS NÃO...

    ResponderExcluir
  11. Que ridículo seu posicionamento anti-semita. A Palestina pertence legalmente, historicamente e humanitariamente aos palestinos, mas Jerusalém nao pertence a Israel? Basta considerar da mesma forma as razoes legais, humanas e principalmente históricas, uma vez que os judeus habitaram lá por muito tempo antes de iniciar as invasões.

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigado por ler meu Blog. Seja muito bem-vindo!