O Blog para quem gosta de curiosidades históricas

Poderá gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

1 de setembro de 2015

Curiosidades e segredos do Vaticano

Curiosidades históricas


Acervo

O acervo histórico do Vaticano é um dos mais belos do mundo. Inclui obras que retratam os deuses Apolo, Perseu, Hermes, Eros, Dionísio, além de afrescos com desenhos de passagens do Antigo e Novo Testamento. As salas especiais comportam um grande material do Egito, como sarcófagos, tumbas, estelas e estátuas de vários deuses, entre os quais, Osíris, Isis etc. Também não faltam salas dedicadas ao estudo de talismãs e mapas. Bigas, mosaicos dos primeiros séculos e vasos antigos do tempo dos etruscos também fazem parte deste acervo. Vale também destacar as extraordinárias pinturas de Rafael, Leonardo da Vinci, Caravaggio, Fra Angélico e a obra ímpar de Michelangelo na Capela Sistina.

Arquivo secreto
É onde estão várias correspondências, tratados, documentos relativos às administrações do Estado do Vaticano e processos da Inquisição que incluem a condenação de Galileu Galilei. Cartas de Michelangelo, a anulação do casamento de Henrique VIII (que levou à separação da Igreja da Inglaterra e de Roma) e sua excomunhão estão presentes neste arquivo secreto. Ofícios internos dos Papas e documentos que remontam ao século 13, estão reunidos em mais de 30 mil volumes.

Bandeira do Vaticano

É composta por duas faixas verticais nas cores branca e amarela; tem a tiara papal gravada com as chaves cruzadas na parte branca.


Basílica

Situada na Praça São Pedro, ocupa 2,3 hectares e tem mais de 300 estátuas (santos, anjos e mártires do cristianismo) como adornos. No altar principal da Basílica, estaria enterrado São Pedro. Quem ordenou a construção da basílica antiga foi Constantino (cujo reinado foi de 306 a 337 d.C.). A atual Basílica foi construída em 1506, sendo concluída em 1626.


Brasão
Em um campo vermelho, está o emblema do Papado junto ao cordão de ouro. As chaves que aparecem no brasão são as mesmas chaves do reino dos céus, e a tiara representa os poderes do Sumo Pontífice.


Cardápio

A cozinha do Vaticano tem como principal preocupação obter ingredientes raros e sabores bem definidos como o caviar, por exemplo,” revelou Eva Celada, autora do livro Os segredos da cozinha do Vaticano. Além disso, massas e pizzas não faltam à mesa, como vinhos e imensa variedade de doces. Lagostas brancas, faisões, carneiros, cabritos, frangos, galinhas e porcos compõem a refeições do dia a dia.

Celibato

De acordo com Carmello Abbate, autor do livro Sex and the Vatican, que coletou depoimentos anônimos, escreveu que 25% dos padres mantêm relações secretas com mulheres e 30% são gays. Segundo Abbate, mulheres italianas assinaram acordos ou o recebimento de pensão, em troca do silêncio, e a alta cúpula do Vaticano tem conhecimento dos fatos, mas faria vistas grossas. Richard Sipe, estudioso sobre o tema há 25 anos, explicou que, para a Igreja, o celibato não é dogma ou exigência bíblica. Alguns apóstolos de Cristo eram casados. A proibição do casamento é mais uma questão política. Em 1537, os padres foram proibidos de casar, supostamente para proteger futuras disputas de herdeiros.

Dízimo

Quinto mandamento da Igreja Católica* se refere a 10% de algo que é pago de maneira voluntária pelos fieis, baseado na passagem do Gênese 14, 20: “Abraão deu-lhe o dízimo de tudo”. Em 2005, o Papa Bento XVI alterou a redação do dízimo para uma descrição diferente: "atender as necessidades materiais da Igreja, cada qual segundo as próprias possibilidades." 

Exorcismo e demonismo

Segundo a Universidade Regina Apostolorum, de Roma, especializada em exorcismo, o número de exorcismos aumentou nos últimos anos. O exorcista-chefe Padre Gabriele Amorth disse: "O demônio está instalado no coração da Igreja". Para ele, existem sinais de que "há cardeais que não acreditam em Jesus e bispos que estão ligados ao demônio, morador do Vaticano”. Explicou que o uso indevido da internet e a divulgação de páginas relacionadas ao satanismo fazem com que algumas pessoas direta ou indiretamente sofram ataques do demônio, sem serem possuídas, embora vítimas de uma manipulação mental e abuso psicológico.

Galileu Galilei

Astrônomo (1564-1642), foi perseguido pela Igreja ao afirmar que a Terra girava em torno do Sol. Teve que se calar e renegar sua tese para não ser morto na Inquisição. Em 1992, o Vaticano, através do Papa João Paulo II, reconheceu o erro cometido com a sua perseguição.

Galileu Galilei

Inquisição
Inquisição, ou Santa Inquisição foi uma espécie de tribunal religioso criado na Idade Média para condenar todos aqueles que eram contra os dogmas pregados pela Igreja Católica.
Fundado pelo Papa Gregório IX, o Tribunal do Santo Ofício da Inquisição mandou para a fogueira milhares de pessoas que eram consideradas hereges (praticante de heresias; doutrinas ou práticas contrárias ao que é definido pela Igreja Católica) por praticarem atos considerados bruxaria, heresia ou simplesmente por serem praticantes de outra religião que não o catolicismo.



Lucrécia Bórgia (1480-1519)

Filha do Papa Alexandre VI, mesmo grávida de seis meses do próprio irmão, Cesar, fez com que os clérigos atestassem sua virgindade. Em 1501, o Papa Alexandre foi a Nápoles e deixou a filha Lucrécia ocupando o trono papal.

Nazismo

O Papa Bento XVI integrou a unidade do exército de Hitler como soldado membro da juventude hitlerista. Em 2008, no seminário de St. Joseph, em Nova York, nos Estados Unidos, disse que sua adolescência foi "arruinada por um regime funesto que pensava que tinha todas as respostas".

Obelisco

Situado na Praça de São Pedro, o monumento é proveniente da cidade de Heliópolis, no Egito, herança de um dos templos de Rá. Quem o levou ao Vaticano foi Calígula, para adornar o seu circo em Roma, onde está localizado o Vaticano. A obra é uma das peças mais antigas do Vaticano: está lá desde o primeiro século e marca o local onde São Pedro teria sido martirizado e crucificado.


Papisa Joana

Segundo um cronista do século 13, Joana teria ocupado o cargo durante dois ou três anos, entre o Papa Leão IV e o Papa Benedito III (entre os anos de 850 d. C. e 1100 d. C.). Diversos textos da Idade Média falam de Joana, uma mulher que, ao contrariar todas as leis, teria ocupado o cargo máximo da Igreja Católica. De acordo com relatos, Joana teria nascido na cidade de Mainz, na Alemanha. Quando adulta, teria se apaixonado por um monge e por ele se apaixonou e, por viver com um religioso, teria começado a se disfarçar, vestindo roupas masculinas e adotando o nome de Johannes Angelicus. Em Roma, teria sido nomeada Cardeal e depois, em virtude de sua notável inteligência, eleita Papa. Porém, sua vida amorosa continuaria: ela teria engravidado e, durante uma procissão, ao passar por uma estreita viela entre o Coliseu e a Igreja de São Clemente, dado à luz, escandalizando a todos. Depois disso, segundo a lenda, amarraram-na em um cavalo, arrastaram-na para fora de Roma, apedrejando-a até a morte. Lenda ou não, entre 1377 e 1404, as procissões papais evitavam passar pelo mesmo caminho feito por Joana.


Penitenciária Apostólica

Essa entidade com nome de seita assassina deixou de ser secreta apenas em 2009, depois de passar mais de 800 anos como secreta. De acordo com ela, que é formada por cardeais, existem 5 pecados que são imperdoáveis, mesmo que o pecador se arrependa na hora do juízo. São:
1 – Quebrar o segredo de confissão (apenas para o clero)
2 – Participar diretamente de um aborto (apenas para o clero)
3 – Ter relações sexuais e depois oferecer absolvição ao parceiro (apenas para o clero)
4 – Profanar a eucaristia (dividir o vinho ou pão que simbolizam Jesus)
5 – Tentar assassinar o Papa
Caso algum deles seja cometido, um tribunal será formado para julgar o réu, que será excomungado automaticamente.



Vaticano

A palavra Vaticano vem do latim Vaticanus e significa “vidente e adivinho”. A sua construção foi iniciada entre os anos 30 e 40 d.C., por Calígula, inicialmente para ser um circo. Após a morte de Calígula, sua construção foi concluída por Nero. Sede da Igreja Católica, cujo chefe de Estado é o Papa, conta com aproximadamente 1.000 habitantes e ocupa um território de 44 hectares. É residência papal desde o século XIV. Teria sido neste local que o primeiro Papa, ou seja, Pedro foi crucificado de cabeça para baixo. O Vaticano possui 5 mil quartos, 200 salas de espera, 22 pátios, 300 banheiros e 100 gabinetes de leitura, entre outros. Como é um Estado, também conta com heliporto, estação de rádio, escolas, embaixadas, quartéis, palácios, ferrovia etc. Toda a estrutura é formada por um patrimônio inestimável, mantido por meio de aluguéis de imóveis, direitos de imagem, Óbulos de São Pedro (doações diretas ao Vaticano) e turismo. O Estado do Vaticano tem seus poderes Executivo, Legislativo e Judiciário sob custódia do Papa; seu presidente também é escolhido por ele.


Yuz Asaf
Há relatos de que Jesus não teria morrido depois da crucificação e, depois de recuperado, teria viajado até a Índia, mais especificamente para Caxemira. Nesta época, Jesus era conhecido como Yuz Asaf, ou seja, "líder dos curados". O túmulo de Yuz Asaf (que teria falecido com 80 anos de idade) está localizado no distrito de Khanyar de Srinagar, na Índia, em um edifício chamado Rauzabal. Encontra-se no interior de uma cripta natural. Ali existe uma pilastra onde está escrito: “Ele é Yusu, profeta dos filhos de Israel”. Vale lembrar que a referência "filhos de Israel" está em uma inscrição na Índia, país longínquo das terras de origem de Jesus. O professor F.M. Hassnaim, chefe do Departamento de Arqueologia em Srinagar encontrou neste edifício uma pedra em que se via uma marca, que parecia provir da sola de pés com ferimentos feitos por cravos. Existem aproximadamente 21 textos que atestariam a possibilidade da presença e da permanência de Jesus na Caxemira, em períodos posteriores à data da sua crucificação.

Fonte: Site oficial do Vaticano/John Allen Jr, vaticanista que trabalha no National Catholic Reporter/Jesus, Palavras de Fogo/terra.com.br/Infoescola/fatosdesconhecidos.com.br

12 comentários:

  1. Muita imaginação, desinformação e pouca investigação

    ResponderExcluir
  2. Grato por acessar e participar do blog.

    ResponderExcluir
  3. Muito interessantes as informações aqui contidas. Não é atoa que surgiu a chamada "igreja protestante", pois alguém deveria protestar ante tudo isso aqui relatado.

    ResponderExcluir
  4. A Igreja Católica,na idade média,cometeu as maiores barbáries e atrocidades da história da humanidade e ainda tem ignorantes que se fingem de cegos;não lêem a Bíblia e nem pesquisam sobre a História.São cegos,guias cegos guiando cegos.

    ResponderExcluir
  5. Muito bom mesmo, profundo conhecimento histórico.

    ResponderExcluir

Olá! Muito obrigado por ler meu Blog. Seja muito bem-vindo!