O Blog para quem gosta de curiosidades históricas

Poderá gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

9 de novembro de 2015

Princesa Isabel: a primeira mulher senadora do Brasil

Curiosidades históricas


NASCIMENTO

A Princesa Isabel Cristina Leopoldina Augusta Micaela Gabriela Rafaela Gonzaga de Bourbon Bragança e Orléans nasceu no palácio de São Cristovão, Rio de Janeiro, no dia 29 de julho de 1846, fruto do casamento do Imperador D. Pedro II e da Imperatriz  Tereza Cristina.
Com a morte de seus dois irmãos mais velhos, tornou-se a herdeira do trono.


Princesa Isabel
Princesa Isabel

VIDA

Desde o início, a Princesa Isabel interessou-se pelos estudos de ciências e química e preocupava-se com a educação no país.
Em 1864 casou-se com o Conde D'Eu.
Em 1871 ao completar 25 anos, tornou-se a primeira senadora do Brasil, e no mesmo ano com a viagem de D. Pedro II para a Europa, assume pela primeira vez a regência. Nesse mesmo ano assinou a Lei do Ventre-Livre.


Lei do Ventre-livre
Lei do Ventre-Livre

Em 1888, pela segunda vez assumiu a regência quando D. Pedro II vai para a Europa para tratamento de saúde.
Neste ano a campanha abolicionista era apoiada por vários setores da sociedade e a Princesa Isabel aliou-se aos movimentos populares e partidários pela abolição da escravatura.
Em 13 de maio, a Princesa Isabel assina a Lei Áurea que dizia: " A partir desta data ficam libertos todos os escravos do Brasil." (veja aqui o texto completo da Lei Áurea)
Com a proclamação da República em 1889, a Princesa Isabel seguiu com toda a família para o exílio na Europa.


Lei Áurea
Lei Áurea

CURIOSIDADES

Alguns historiadores teriam especulado que a Princesa Isabel teria assinado a Lei Áurea por pressão da burguesia, pois esta, temia uma revolta dos negros como aconteceu no Haiti em 1804.
Porém, este fato não é verdadeiro, pois a Princesa Isabel mostrou-se sempre liberal, política e abolicionista. Sempre apoiou a causa abolicionista, defendeu também o voto feminino, voto universal para toda a população, reforma agrária e criação de uma política salarial.
O jornalista André Rebouças, intelectual e negro de prestígio, colaborava com o refúgio de escravos que contava com o apoio da Princesa Isabel. Estima-se que as vésperas da abolição, mais 100 mil escravos fugitivos foram hospedados pela rede de contatos da Princesa Isabel.

MORTE

A princesa Isabel morreu em 1921.
Em 1953 seus restos mortais foram transladados para o Rio de Janeiro juntamente com seu marido, o Conde D'Eu, para o mausoléu de Petrópolis.

             www.portaldascuriosidades.com
             www.e-biografias.net   


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Muito obrigado por ler meu Blog. Seja muito bem-vindo!