O Blog para quem gosta de curiosidades históricas

Poderá gostar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

14 de julho de 2016

A HISTÓRIA DO PRESERVATIVO

Curiosidades históricas


Apesar de tão antigo 

tem gente que ainda não usa


Inventado há séculos, o preservativo sempre esteve presente quando o assunto era evitar a fecundação, fosse por motivos de proibitividade ou de simples controle da natalidade.  A partir do século XX existe ainda uma questão mais premente, que é evitar as doenças sexualmente transmissíveis. O preservativo tinha então uma dupla função: controle da natalidade e proteção contra doenças.


camisinha



Desde a época mais remota na mitologia grega já havia alusões aos preservativos, tanto masculinos como femininos.
Diz uma lenda grega, que uma amante do rei Minos teria utilizado uma bexiga de cabra na vagina para proteger-se do sêmen venoso do seu amante.
Em nível histórico há indícios de terem sido os chineses, os verdadeiros criadores desse útil apetrecho.
Em 1564, o médico italiano Gabriel Fallopio criou a primeira camisinha, nos moldes atuais, por isso é considerado o Pai do preservativo.
A expressão Condom, termo que atualmente designa o preservativo mundialmente, foi estabelecida em 1817, em um documento que cita um desconhecido Dr. Condom, de origem inglesa.

camisinha

Em 1787, durante a revolução francesa, o uso foi liberado, a venda era normal em qualquer estabelecimento comercial, e, em contraste a isso, durante as guerras mundiais, elas praticamente caíram no esquecimento. Isso deveu-se a necessidade de se repovoar o mundo.
Em 1839 o preservativo era de borracha, e posteriormente passou-se a ser feito de látex.
No entanto, o maior golpe que a camisinha sofreu, foi durante os anos 60, com a chegada da pílula anticoncepcional.
Por volta dos anos 80, com a chegada da Aids, trouxe ao topo dos produtos mais vendidos do mundo a famosa camisinha.
No que tange aos contraceptivos, sabemos que os antigos egípcios, os ciganos e os índios brasileiros, eram mestres no uso das ervas, que serviam como espermicidas, para serem utilizadas após o ato sexual, ou mesmo ervas utilizadas como chá abortivos. 
Não existiam segredos para os antigos habitantes do planeta Terra.
O preservativo tem história, e sabe-se também que, no antigo Egito, a tripa de carneiro ou de bode, servia muito para esse fim.

camisinha

Só engravida e contrai doenças sexualmente transmissíveis quem quer, e isto é uma realidade de mais de 5000 anos.

Fonte: Curiosidades Históricas, Rogério Sidaoui. 

Gostou do artigo? Então me ajude a divulgar o blog. Compartilhe com seus amigos!!

Poderá gostar também de: Curiosidades sobre a Idade Média



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Muito obrigado por ler meu Blog. Seja muito bem-vindo!