O Blog para quem gosta de curiosidades históricas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

20 de out de 2017

GRANDES MULHERES: JÚLIA VALENTIM DA SILVEIRA LOPES DE ALMEIDA. IDEALIZADORA DA ACADEMIA BRASILEIRA DE LETRAS


Em 24 DE SETEMBRO DE 1862 nasce a mulher que idealizou a criação da Academia Brasileira de Letras (ABL) ao lado de outros intelectuais do fim do século XIX.


JÚLIA VALENTIM DA SILVEIRA LOPES DE ALMEIDA, carioca falecida em 30 de maio de 1934, foi uma escritora e abolicionista brasileira pioneira da literatura infantil no país. Escreveu também para teatro e foi presidenta honorária da Legião da Mulher Brasileira, sociedade criada em 1919.

Júlia Lopes de Almeida integrava o grupo de escritores e intelectuais que planejou a criação da Academia Brasileira de Letras. Seu nome constava da primeira lista dos 40 "imortais" que fundariam a entidade.


Júlia  Lopes

Na primeira reunião da ABL, porém, seu nome foi excluído. Os fundadores optaram por manter a Academia exclusivamente masculina, da mesma forma que a Academia Francesa, que lhes servia de modelo. No lugar de Júlia Lopes entrou o seu marido, Filinto de Almeida, que chegou a ser chamado de "acadêmico consorte".

O veto à participação de mulheres só terminou em 1977, com a eleição de Rachel de Queiroz para a cadeira nº 5.

Uma das personagens dos livros de Júlia comenta que "as moças são criadas para mártires ou hipócritas, por isso desenvolvem sentido de inferioridade". Uma segunda, diz que "os filhos são educados para a liberdade, e as filhas são criadas para os rapazes". Outra constata que "os homens tecem a sociedade com malhas de dois tamanhos, grandes para eles e seus pecadilhos, para que saiam e entrem facilmente, e miúdas para os delas".



Júlia Almeida



A filha de Júlia, Margarida Lopes de Almeida, foi declamadora e escultora. Tomou parte em vários saraus literários realizados pelo Jornal do Commércio. Recebeu vários prêmios por suas esculturas e tem seu nome gravado à entrada da plateia no Teatro Municipal do Rio de Janeiro. Margarida ajudou a esculpir as mãos do Cristo Redentor. O escultor francês Paul Landowski, com a ajuda da moça, executou o projeto inspirando-se nas mãos da própria Margarida.



Gostou do artigo? Então ajude-me a divulgar o blog. Compartilhe com seus amigos!

Mais curiosidades históricas em: www.fatoscuriososdahistoria.com 
                                                     www.facebook.com/fatoscuriososdahistoria





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Muito obrigado por ler meu Blog. Seja muito bem-vindo!

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial